Driblando Limites: descreva tudo o que eu não posso ver


Autor: Wanessa Silva; Categoria: Crónicas; Tags: Cegueira, Deficiência visual, Imadescrição; Idioma: Português; Data: 10-09-2017 às 00:15



Meme da camponesa
Ver no tamanho original
Ver imadescrição

Oi pessoal! Bom, primeiro quero me apresentar, meu nome é Wanessa Silva, sou brasileira, tenho 35 anos, sou cega total, fui gentilmente convidada pelo Carlos Bonaparte para escrever esta coluna semanal para vocês, aqui falarei sobre diversos assuntos ligados às pessoas cegas, espero que gostem dos textos e que interajam comigo através dos comentários enviando suas opiniões sobre os assuntos abordados e também sugestões, críticas, elogios e opiniões sobre meu modo de escrita, pois quero escrever cada vez melhor para passar conteúdos de qualidade para vocês!

Bom, então vamos lá. No primeiro texto, falarei sobre a acessibilidade na web, mais especificamente sobre a descrição das imagens, ou a falta dela.

Eu, já cansada de tanto arrumar treta (confusão, briga) nas páginas que eu curto no Facebook ao pedir para que descrevessem as imagens, resolvi criar uma página para postar fotos engraçadas, os famosos memes com descrição para que as pessoas cegas também pudessem se divertir com tais fotografias. Pois bem, no começo quem descrevia as imagens era minha prima, mas uma semana depois de ter criado a página, eis que me cai do céu uma pessoa maravilhosa que ama descrever ilustrações, a Denise (Oliveira e que esteve presente numa edição do Antena Web Em Festa), aliás, beijo Dê, que me ajuda e muito com a descrição das figuras postadas na fan page, além de criar os próprios memes para postar na mesma. Toda vez que eu ia comentar nas páginas pedindo descrição das imagens, vinham os engraçadinhos e os ignorantes me criticar por pedir isso. Por muitas vezes já li perguntas do tipo: "Mas cego não enxerga, como vai ler a descrição das fotos?" Tinha vezes que eu respondia com educação explicando que nós cegos usamos computadores e celulares com um programa chamado leitor de tela que lê tudo que se passa na tela dos aparelhos, mas outras vezes quando vinham com sarcasmo, eu respondia a altura. Muitos indivíduos são deveras ignorantes quando se trata das pessoas com deficiência. Para elas, gente com deficiência não faz nada da vida e só vivem trancadas em casa. Com certeza existem pessoas assim, mas a maioria não! As pessoas com deficiência trabalham, estudam, transam, casam, têm filhos, passeiam, etc... Mas para os seres enxergantes, não podemos fazer nada disso, pois temos alguma limitação física!

E como pessoas normais que somos, também usamos as redes sociais e precisamos da descrição das imagens para podermos entender o conteúdo que está sendo transmitido nelas! Qual a dificuldade de entender isso?
Qual a dificuldade para descrever as ilustrações se é uma coisa tão simples? Para descrever imagens, não precisa ser uma descrição mirabolante, basta descrever os pontos fundamentais como: se tiver uma ou mais pessoas ou animais, descrever sua aparência, dizer se a foto é colorida, se for uma paisagem descrever os detalhes, etc. O importante é descrever de forma simples, clara e sucinta a fotografia.

Então seres enxergantes desse mundão, não deixem de descrever as imagens, pois isso faz uma diferença enorme na vida dos cegos!


Comentar







Voltar página anterior