Crónica Desportiva por José Agrela número 22

Autor: José Agrela; Categoria: Futebol; Idioma: Português; Data: 24-09-2017 às 14:30

A semana anterior mostrou-nos um Benfica em queda abismal. Sem garra e sem crença, as “águias” estiveram três jogos sem ganhar. O ponto positivo (se é que há) é que foi para três competições distintas. Portanto, nenhuma das competições está hipotecada… ainda! No entanto, os homens da Luz terão muito que melhorar para reverter esta tendência negativa. Do outro lado da Segunda Circular, respiram-se outros ares. Apesar do presidente egocêntrico e das suas excentricidades, a verdade é que o clube mantém-se inabalável no lugar cimeiro da Liga NOS. Depois de uma vitória difícil em Santa Maria da Feira, os ”leões” foram à Grécia vencer, novamente, por 3-2. Porém cometeram o mesmo erro que na terra das Fogaças, ou seja, depois de se apanharem numa vantagem confortável, deixou andar e acabaram em aflição. Mas conseguiram o objetivo essencial… ganhar. E apesar do empate para a Taça da Liga frente ao Marítimo, a época leonina está a ser notável… até aqui. Já os “Dragões” também se mantêm como a cidade… invictos! É verdade, os “súbditos” de Pinto da Costa continuam lado a lado com o Sporting na liderança do campeonato. Apesar de apenas terem resgatado emprestados, porque, aparentemente, têm um problema de fair play financeiro, a verdade é que Sérgio Conceição, o novo mister Portista, fez deles uma equipa vencedora, internamente. Já na Liga dos Campeões, esta equipa foi posta à prova e foi derrotada por 3-1, frente ao Besiktas, equipa de Quaresma e Pepe.
Até ao momento, a grande desilusão chama-se Chaves. A equipa transmontana que na época anterior surpreendeu o futebol luso, lutando, praticamente, até ao fim, por uma vaga europeia, esta época segura a “lanterna vermelha” ao lado do Desportivo das Aves. Apesar do reforço de peso da equipa técnica, com Luís Castro a mudar-se para Trás-os-Montes, a verdade é que a equipa sofreu algumas baixas, também de peso, no seu plantel, sendo Fábio Martins uma das mais notadas, que se mudou para Braga.

Em sentido contrário, está o Marítimo em 3º lugar, à frente do Benfica, inclusive. A equipa de Daniel Ramos continua imbatível na própria casa, há um ano. Com 15 pontos em 18 possíveis, os madeirenses mantêm-se no pódio, sendo uma equipa que joga para o resultado, muitas vezes em detrimento do espetáculo.
Lá por fora, o Real Madrid, um pouco à imagem do Benfica por cá, também começou a época, atribuladamente. Apesar da vitória na Supertaça frente ao eterno rival, Barcelona, as coisas em La Liga, estão muito más, com 7 pontos de atraso para a liderança, em apenas 5 jornadas.


Comentar







Voltar página anterior