Bissau Perspective número 9

Autor: Alfa Candé; Categoria: CAN 2017; Comunidades: Guiné-Bissau; Tags: Bissau Perspective; Idioma: Português; Data: 13-02-2017 às 00:00



A festa do futebol africano, CAN Total, Gabão 2017

A cidade de Bissau vestiu-se de bandeira nacional no apoio a seleção nacional de futebol que teve participação inédita no CAN (Campeonato Afrikano das Nações). Montou-se cenário de festa em todos os espaços públicos, com ecrãs gigantes que transmitiram todos os jogos do campeonato. Os guineenses voltaram a unir-se tal como tinham feito a quando da luta armada colonial, mas desta feita foi em torno dos Djurtos. A caravana nacional foi chefiada pelo Presidente da República bem como pelo Primeiro ministro. Falando na prestação da equipa nacional, no cômpeto geral, foi uma participação boa. A seleção nacional estáva inserida no grupo A, juntamente com Gabão (equipa anfitriã); Camarões (vencedor da prova) e Burkina-Faso (3ª classificada), onde empatou com Gabão, perdeu com Camarões 2-1 e também Burkina-Faso por 2-0. Tendo sido eliminada com 1 ponto; 2 golos marcados; 5 sofridos. A equipa nacional despertou a atenção de quase todo mundo, quando empatou a uma bola com o Gabão, na abertura da competição, merecendo­ destaques em grandes canais de informações internacionais. Os jogadores e a equipa técnica foram vistos, neste apuramento para a competição, como verdadeiros heróis, pelo povo. No dia da partida da caravana nacional, o povo saiu à rua para despedir-se da seleção, que teve mais uma enchente quando regressaram ao país de milhares de guineenses que queriam dizer obrigado pela representação condigna do país na maior festa do futebol africano. Assistiu-se a mais um momento arrepiante quando o autocarro oficial da seleção passou pelas principais ruas de Bissau para saudar o apoio do povo que voltou à rua para homenagear os atletas. Mais tarde, à noite, o chefe de estado ofereceu um jantar aos jogadores, reiterando a sua promessa de dar um automóvel a cada jogador e a cada elemento da equipa técnica.


Comentar







Voltar página anterior