Disco com mais de 200GB em vias de ser recuperado; faltam verbas. Precisamos da vossa ajuda


Data: 29-05-2018 às 14:07
Estimados ouvintes e visitantes, boa tarde

Hoje iniciamos o processo para recuperar o disco que há 6 anos ficou inutilizado, e onde estava parte do arquivo da Antena Web. Centenas de cassetes que digitalizamos e o trabalho com vários curadores de cilindros e discos de 78 rotações que se perdeu no dia 27 de Maio de 2012.
Nestes 6 anos esperámos que o processo de recuperação de material ficasse mais barato para tentarmos dar o passo. Não sabemos se vamos conseguir, mas queremos tentar e gostaríamos de contar com a vossa ajuda.
Tudo depende do orçamento, que em princípio não será inferior a 300€ nem superior a 600, isto, se for possível recuperar o material. Para nós, recuperar este material é muito importante. Significa recuperar milhares de horas de trabalho, seja na digitalização de cassetes, seja no material que obtivemos de colecionadores e curadores norte-americanos, alemães, britânicos, canadianos, franceses e italianos, entre Abril de 2009 e Maio de 2012., Entre essas gravações encontram-se centenas, datadas entre 1887 e 1899.
O que vos pedimos é que, quem puder, faça uma doação, qualquer que seja a quantia; 2, 3€, para nós já é motivo de gratidão. E se não for possível a recuperação dos dados, e portanto o dinheiro em causa não for cobrado, solicitamos, a quem pretender o dinheiro de volta, que nos indique na altura da transferência bancária, enviando-nos um e-mail para aw@antenaweb.info, com o nome do titular da conta e a quantia transferida, para podermos validar, e no caso, devolver, caso não seja possível a recuperação dos dados. Mas a Antena Web tem outras despesas, como descrito na página de Donativos. Se nos permitirem que o dinheiro transferido seja utilizado para pagar a manutenção do projeto, ficamo-vos duplamente gratos!

IBAN: PT50 001800005118035002064
Titular da conta: Carlos Bonaparte

Atenciosamente,

Antena Web - grupo de comunicação

Detalhes da recuperação



O disco irá ser enviado esta quarta-feira para a Data Recovery Lab, empresa certificada em Portugal para a recuperação de suportes de gravação. São eles, dispondo de todos os mecanismos de software, hardware, técnicos e especializados, que irão perceber se será, ou não, possível, a recuperação do material em causa. Pelos primeiros indícios, a possibilidade de recuperar algum deste material é bastante alta, uma vez que aparentemente não há danos nos pratos do disco. O preço final terá em conta se existe algum dano nos pratos ou apenas nos suportes de leitura, bem como a quantidade do material efetivamente recuperado. Precisam do disco para darem mais certezas.


Comentar







Voltar página anterior